Rede de Atenção Psicossocial realiza balanço do primeiro trimestre

Rede de Atenção Psicossocial realiza balanço do primeiro trimestre
BannerSilas
bannerPATROCINIOVIP_800x200px (2)
Site_Patrocionio_Vip_620x150px
PamonhariaSM
Onnet
QueimaAlho
patrocinio182anos
RA_PERFUMARIA

No primeiro trimestre de 2022, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), realizou mais de 11 mil atendimentos em saúde mental nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS II e CAPS AD III), nos ambulatórios psiquiátricos adulto e infantil, na unidade hospitalar na Santa Casa e nas tutorias psiquiátricas nas unidades de saúde.

RA_PERFUMARIA (1)
bannerPATROCINIOVIP_800x200px-2
BannerSilas (1)
PamonhariaSM
Site_Patrocionio_Vip_620x150px
BannerElias
Onnet (1)
patrocinio182anos

Segundo informa a coordenadora da RAPS, Lívia Carla Queiroz da Silva, devido às crescentes demandas por intervenções em saúde mental, o Governo Municipal, por meio da equipes atuantes na RAPS, tem implantado diversas estratégias junto a rede de atenção à saúde do município, e aos municípios pertencentes a microrregião Patrocínio-Monte Carmelo, que visam capacitar os profissionais atuantes em diversos pontos da rede intersetorial sobre temas específicos inerentes à saúde mental, bem como identificar vulnerabilidades distintas ou semelhantes nos múltiplos territórios e intensificar medidas preventivas e assistenciais que proporcionem maior assertividade e resolutividade na promoção à saúde da população.

Dentre as atividades, foram realizadas capacitações dos profissionais da rede pública sobre temas específicos da área, com possibilidade de troca de informações, vivências e experiências que incentivam a discussão de casos, a elaboração de projetos terapêuticos individualizados ou coletivos e o levantamento de diagnósticos territoriais para o norteamento de condutas efetivas.

No dia 10 de março, Patrocínio recebeu a visita de uma comitiva de Paracatu, formada pelas enfermeiras Elizângela Corrêa de Souza, Raiane de Castro e a técnica de enfermagem Leides chaves Pacheco que atuam no CAPS II, para fins de conhecimento sobre o fluxo municipal da RAPS, que atualmente é reconhecido como representativo “modelo de sucesso”, com destaque regional no que se refere aos parâmetros essenciais e pertinentes à prevenção de agravos e promoção à saúde mental.

Elias Miranda de Resende

Diretor Patrocínio VIP

Deixe um comentário